Ver ecrão inteiro

CONVOY de Horácio Macuacua estrea-se pela primeira vez em África…

O conceituado coreógrafo e bailarino Moçambicano Horácio Macucua, apresenta nesta 7ª edição do KINANI, o seu mais recente trabalho coreógrafo intitulado “CONVOY” que conta com a presença de 4 bailarinas internacionais provenientes da Espanha (Rosa Mari, Paula Cormona e Tere Terepetita) e a Alemã Annika Havlicek.

O CONVOY é um projeto que surge do desejo de se encontrar para viajar juntos. Uma peça carregada de fisicalidade e emoção com um personagem chocante e surpreendente.

CONVOY é uma bomba com detonante próprio. Um ser composto de outros, que respira, transparece, se revela e grita por si mesmo. É o tornar- se da vida, uma entidade definida pelos corpos que a integram, apoiando ou repelindo, com um propósito comum e uma transformação constante.

O coreógrafo Moçambicano busca representar em “CONVOY” a questão de sobrevivência das criaturas, sua evolução vital, uma história improvável que nunca será repetida. Uma peça única em crescimento firme que se defende e avança com a soma de desejos e experiências de todos os seus membros. A exploração de uma viagem “corpo a corpo” : um caminho na militância que, como o cantar dos rios, está sempre exposto a correntes imprevisíveis.

Macuacua é um dos membros fundadores da Companhia de Dança CulturArte onde participou em diferentes espectáculos dirigidos por Panaíbra Gabriel. É discípulo predilectos de David Zambrano com quem aprendeu as técnicas como Flying Low e continua a desenvolver como coreógrafo e docente.

Radicado na Espanha, vem a Moçambique com mais propostas como “COMUM” e “THEKA” que foi apresentada pela primeira vez na Semana Internacional de Arte Contemporânea.
Esta peça será apresentada na quinta- feira, no Museu de Pescas, a partir das 19h.

Arquivo